Claro que esta exposição (nos) permite também lembrar tudo o que nos incomodaram e manietaram para que não conseguisse acabar o doutoramento. A imensa qualidade do trabalho de Almada Negreiros, o sucesso que teve (e hoje tem ainda mais!) resulta bastante do emprego de formas que, se só alguns conheciam o significado, pelo menos todos estavam «habituados» a elas. Hábito com raiz nas «mnemotécnicas»!