Pascal Rossignol/REUTERS (01.01.17) no primeiro dia do ano